terça-feira, 4 de setembro de 2018

mais um baktus #5

Olá
Após as férias de volta ao trabalho e aos trabalhos manuais, iniciei mais um cachecol/baktus, novelo da marca Catania, 100% algodão, na cor 100, um amarelinho claro, e estou utilizando agulha nº 3. O fio é um fio grosso e que não desfia o que é ótimo.
Irei começar com o 2º novelo.
Até breve

terça-feira, 28 de agosto de 2018

Encontras-me no fim do mundo

Leitura agradável e risonha para este livro curto.
Jean-Luc está no topo do mundo: bem sucedido na galeria, com poder económico e um leque alargado de amigos e "amigas". Uma carta sem remetente chega-lhe na caia de correio e vem quebrar esta paz e desconcertar a sua vida pacata. Nela uma mulher explica o seu amor por ele e refere a sua invisibilidade para com ele.
Iniciam uma troca de correspondência por email mas Jean-Luc não sabe quem é a sua mulher fatal e misteriosa e começa a andar um pouco obcecado vendo em todas as mulheres com que fala, conhecidas ou semi-conhecidas, a sua mulher misteriosa. Falando com os amigos procura conselhos e sabedoria em como proceder, avisa-os ainda sobre o seu primeiro amor e como correu mal para uma primeira vez, cada um aponta uma possibilidade das mulheres que conhece, ou não. Qual será? Terá de ler para saber.
 Sinopse:
Jean-Luc Champollion é aquilo a que os franceses chamam um homme à femmes. O encantador proprietário de uma galeria bem-sucedida ama a arte e a vida, é muito sensível ao encanto das mulheres, que de bom grado lho retribuem, e vive num dos bairros da moda de Paris, em perfeita harmonia com o seu fiel dálmata Cézanne. Tudo corre bem até que, uma da manhã, Jean-Luc encontra no correio um envelope azul, e a sua vida muda para sempre. A missiva é uma carta de amor, ou melhor, uma das declarações de amor mais apaixonadas que o galerista já viu, mas não vem assinada: a misteriosa autora decidiu esconder-se e convida-o a descobrir quem é. Jean-Luc fica inicialmente confuso, mas decide alinhar. A remetente anónima forneceu-lhe um endereço de e-mail e desafia-o a responder. Mas a tarefa não é fácil. Em breve, Jean-Luc tem apenas um objetivo: descobrir a identidade da caprichosa desconhecida, que parece conhecer muito bem os seus hábitos e gosta de o provocar incessantemente. Assombrado pelas suas palavras, Jean-Luc segue as pistas dispersas na correspondência, cada vez mais incapaz de resistir à mais doce das armadilhas. O objeto da sua paixão existe apenas no papel e na sua imaginação, mas ele sente conhecer melhor esta mulher do que os quadros expostos na sua galeria, mesmo que nunca tenha visto o seu rosto. Ou será que viu?
Boas leituras

sexta-feira, 24 de agosto de 2018

Segredos do passado

Leitura rápida e um estilo de escrita fluída, a autora escreve como se tivéssemos em conversa com um amigo.
Claire desde tenra idade que tenta chegar a Roan, um menino que é diferente dos outros, que é gozado pelos colegas, que não tem mãe e que tem um pai violento e que bebe. Roan faz-se de forte mas deixa-se levar pela menina com extensa família de tios e várias cargas de primos, com ambos os pais e que mantêm um negócio próspero.
Acompanhamos o crescimento de ambos até certo ponto depois são separados após circunstâncias violentas forçarem a família a colocar distâncias entre as crianças. Muitos anos mais tarde Claire precisa de ajuda, como jornalista encontra situações pouco agradáveis da vida e tenta resolvê-las. Uma noticia de violência doméstica derrama por terra Claire e os seus ideais quando sofre um acidente de carro com a perseguida mulher, Tess, vitima de abusos pelo marido.
Desorientada volta para junto da família e sua casa/cidade deixando a grande cidade onde se residia após acabar a faculdade. Outrora desaparecido Roan volta para ajudar Claire a sair do sufoco à sua maneira.
Sinopse:
Filha de uma respeitada família de Dunderry, na Geórgia, Claire Maloney era uma menina caprichosa e mimada, mas isso não a impediu de travar amizade com Roan Sullivan, um rapaz feroz, órfão de mãe, que vivia numa caravana com o pai alcoólico. Nunca ninguém conseguiu compreender o laço que unia as duas crianças rebeldes.Mas Roan e Claire pertenciam um ao outro¿ até à violenta tarde em que o terror tomou conta das suas vidas e Roan desapareceu.Durante vinte anos, Claire procurou o rosto do seu amor de infância por entre a multidão. Durante vinte anos, esperou ansiosamente uma carta e sobressaltou-se a cada toque do telefone. No entanto, quando Roan surge novamente na sua vida, a alegria de Claire não é completa, pois ao contrário do que se afirma o tempo não apaga todas as feridas.Algumas permanecem ocultas, prestes a reabrir-se ao mais pequeno incidente. Que segredos do passado envenenam o presente e minam o futuro?
Boas leituras

quinta-feira, 23 de agosto de 2018

Frases indiscutivelmente verdadeiras

"Considerei aquelas palavras num silêncio perplexo. Não adiantava tentar explicar-lhe. Havia pessoas, dizia o meu avô, que passavam o tempo a dizer mal do escuro quando lhes bastava acender uma vela."

in Smith, Deborah (2014).  Segredos do passado. Porto Editora, Lisboa.  Pág. 172-173

terça-feira, 21 de agosto de 2018

Finding the jewel

Leitura rápida e um pouco hilariante.
Chloe é raptada por extraterrestres e colocada logo a seguir numa dieta agressiva numa casa moderna e inteligente, vocacionada para a perda de calorias. Isto tudo porque os extraterrestres que a raptaram desejam vendê-la mas antes ela tem de corresponder aos ideias de beleza da Terra (para o comprador ser aliciado e eles, os extraterrestre, terem lucro). A premissa de inicio é um pouco fantástica demais para ser algo interessante, admito mas melhora. Depois entra Tark: alto, musculado, moreno, fora deste mundo e que gagueja e com muita falta de confiança em si e nas suas capacidades, visitou e recebeu uma profecia sobre o que poderia ajudá-lo a adquirir o que lhe falta, autoconfiança e falar sem gaguejar.
Chloe e Tark encontram-se na casa moderna, algures numa outra dimensão, escondida entre a Lua e a Terra, ela presa lá e ele procurando pelo objeto da profecia. Conseguimos perceber desde o inicio desta jornada que Tark interpretou mal o objeto que deveria procurar, uma jóia que era na verdade uma pessoa.
Gostei.
Sinopse:
Chloe Deems is a plus sized girl with pink hair and an attitude –she owns her curves. Which is one reason she’s so upset when she gets abducted by aliens and forced to live in a Smart House designed to make her lose weight. She has to weigh in every day and the smart-aleck talking scale decides what she’s allowed to eat which is always lettuce and celery and never the delicious Thin Mints she can see peering tantalizingly out from behind the unbreakable glass cupboard in the kitchen. To Chloe, it seems like things just can’t get any worse…until a prospective buyer comes to look her over.Tark is a Beast Kindred who has been on the outside looking in his whole life. A debilitating stutter has kept him from finding a mate or settling down. Finally he gets a prophesy from a priestess telling him to seek for an elusive jewel which can cure his voice and Tark knows just where to look for it—in the house where Chloe is being held prisoner. But instead of the jewel, he finds a feisty, gorgeous plus-sized girl who’s ready to fight for her life. He agrees to rescue her if she’ll help him look in the only other place the jewel might be—the Resort of Resonant Oneness, located deep underground on a planet that straddles the lines between dimensions.Chloe agrees to help the big Kindred out in return for her freedom but she doesn’t know that the resort they are traveling to has some distinctly erotic ideas about “oneness.” Now she and the huge Beast Kindred are stuck doing some incredible embarrassing and intimate exercises that make even the brash Chloe blush. Still, she and Tark seem to be growing closer…until a monster from her past kidnaps Chloe.Tark is given a choice—between rescuing the woman he has come to love, or completing the task he set himself in the first place and regaining his voice.Which will he choose?You’ll have to read Finding the Jewel to find out.
Boas leituras