domingo, 1 de julho de 2018

Bless you

 Tentava criar algo para o desafio 6x6 Challenge, do grupo/blog Artful Evidence, mas não resisti a imagem do olho em violeta, cortada de uma revista. Saiu esta página composta, com as cores branco, violeta, rosa e azul, e a imagem alterada para condizer com as cores utilizadas em toda a peça, e para parecer mais real. Adição de 3 borboletas em branco, excerto de árvores em branco e azul e título em rosa/castanho. O título, pequeno texto recortado de um pacote de lenços de papel, em plástico, colado em cartão.

quinta-feira, 28 de junho de 2018

FIA 2018

Olá,
Hoje foi dia de ir passear, nada melhor do que ir à feira de artesanato. Lá encontrei as associações de artesãos do costume, algumas lojas com banca, workshops interessantes mas com pouco tempo para ir a algum, e o 2º pavilhão da feira com a parte internacional.
Da parte dos artesãos muitos itens interessantes mas admito que fui só ver, eu sei é muito mau para o negócio (deles) mas a minha ideia nesta viagens é mesmo cuscar e ver as novidades, que este ano mantêm-se na costura. Encontrei alguns itens que adorei e não consegui lá deixar, mostro fotos:
3 stencils + 1 conj. de flores de papel (adoro o grande com várias partes diferentes)


Dª Luisa foi muito simpática e até ofereceu dica para trabalhar um projeto com o linho.


 
E o novelo Nenúfar, com muitas cores, muito difícil a escolha recaiu num de 100% algodão.
 
Para o jantar, escolhi indiano, a versão vegetariana em mini prato, para variar da sandes de presunto em geral oferecida.
Até breve

quinta-feira, 14 de junho de 2018

A Paixão de Emma

Leitura rápida.
Encontramos Emma e a sua situação deveras peculiar, filha primogénita que apesar da idade ainda não casou e da qual o pai deseja-se livrar dela, que se torna mais esquisita quando viaja para Inglaterra para se casar com Julius Aubrey. 
Emma espera muito desta viagem e por consequência do seu casamento mas não nada é o que parece. O marido é mais como um irmão para ela, isolada, fechada em casa sem possibilidade de sair de casa e socializar, torna-se poetisa para expor os seus sentimentos pelo marido.
Julius é um enigma pois nunca conseguimos saber muito da sua personagem, a não ser que é um homem muito ocupado, a fábrica é dele e está em crescimento exigindo muito da sua atenção.
Só quase no fim é que certas coisas fazem sentido e é quando aparece, com mais frequência e caracterização, o irmão de Julius, Theodore, jogador inveterado da má sorte, pois faz batota para roubar o dinheiro aos outros, gémeo idêntico de Julius.
Ficou um pouco aquém do que prometia.
Sinopse:
Emmaline sempre ouvira a mãe dizer que, como a mais velha de quatro irmãs, casar deveria ser a sua prioridade e dever. Contudo, o tempo passava sem que se vislumbrasse qualquer proposta de casamento. Até que num baile organizado em sua casa, um belo desconhecido a convida para dançar. Ele chama-se Julius e, na manhã seguinte, pede a sua mão. Cheia de esperança e vontade de começar uma nova vida, Emmaline deixa a América rumo a Inglaterra. Porém, quando chega, depara-se com uma casa estranha, repleta de pessoas invulgares e criados excêntricos. Um cenário bastante distante do glorioso lugar que Julius lhe descrevera. Na verdade, à medida que os dias passam, o próprio noivo parece ter-se tornado irreconhecível. Emmaline sente-se cada vez mais só e infeliz, chegando até a pôr em causa o futuro da relação. Mas isso é antes de o passado de Julius, e a história daquela enigmática casa, lhe serem desvendados. 
Boas leituras