sexta-feira, 30 de outubro de 2015

CD alterado: uma hipótese





Estes projectos de Eva Olmo deram-me ideias para os vários cds que tenho estragados, ou que simplesmente já não quero.

Troca do chá, café e chocolate (Enviada)

Olá bom dia,
Venho mostrar o que seguiu no correio para a minha afilhada nesta troca, a menina R. Uma caixinha recheada de coisas boas e coisas interessantes para ver. A regra era simples: enviar um doce (sempre presente nestas troquinhas) + o motivo da troca, conforme os gostos da menina que recebe seja mais para o café ou para o chá ou a possibilidade dos três juntos como o nome indica + uma peça feita por nós em qualquer tipo de arte (conforme o que a madrinha faz, normalmente).
A minha afilhada para esta troca era bastante abrangente nos gostos pois gostava das três possibildiades café, chá e chocolate. Mostro fotos do conteúdo da caixa acima e os pormenores nas fotos abaixo tanto do presente feito por mim, uma gola em crochet, com fio matizado em tons de azul e verdes, bem como do cartão e ainda o presente nas artes que ela gosta, neste caso duas revistas ponto cruz e cardmaking.


quarta-feira, 28 de outubro de 2015

Gola

Já utilizei este mesmo esquema para fazer uma gola, lá para meados deste ano, mas na altura não tinha feito  tal como dizia o esquema. Desta vez completei pois acrescentei na orla superior o picot às ondinhas, para maior charme.

Deixo link para o post de 2 de maio para encontrarem o site com o esquema na Siouxsie Stitches.

sábado, 24 de outubro de 2015

Aldi - de volta às lãs

Este ano havia poucas cores para as lã para peugas, pelo menos na loja aqui ao pé de mim, e maioritariamente escuras (azul escuro com cinza escuro; verde com mistura de cores com verde e azuis; laranja com vermelho; preto com cinza médio), mas havia outras possibilidades como kits de lãs para feltragem, para fazer ou bolsa ou meias ou chapéu. Achei as ideias interessantes. Não havia só em branco tem outras cores até conjunto de duas cores nos kits. 
Mostro as cores que trouxe e o que comecei a fazer: uma gola.

Até breve.

quarta-feira, 21 de outubro de 2015

Marrying the Mistress, de Joanna Trollope

 Livro relata os acontecimentos da vida de uma familia, antes e depois, da divulgação pelo avó do seu adultério e as repercussões que tal informação tem na vida familiar, que toca desde filhos, netos, cunhado/a e ainda nos vizinhos e amigos do casal. São nos apresentados diferentes pontos de vista ao longo do livro, demonstrando a opinião de cada familiar e o seu ponto de vista sobre a situação, pondendo às vezes se tornar complexo e dificil de perceber qual a voz que fala.
 A personagem a realçar é a esposa, considerada como a culpada pela relação e consequentemente o divórcio. A sua pecularidade, cria a sua vida primeiro ao redor da do marido e mais tarde aquando o divórcio transfer-se essa mesma pecularidade para o seu filho mais velho e no fim para o mais novo. Espera que os outros deem sentido a sua vida e não um criado pela própria.
 No fim, através de uma boa comunicação e de reforçar as relações de amor entre ambos voltam a ser uma familia.
Sinopse
The court official leaned closer."What's gone past," he said, "is not just an advocate, any old lady advocate. What's gone past is his Honour's totty."And what's going past is the life of Guy Stockdale, a 62-year-old judge, who has been married forever, has two sons--Simon and Alan--and three grandchildren. For the past seven years, he's also had a mistress. Merrion Palmer is intelligent, attractive, and half Guy's age, which also makes her younger than both Simon and Alan. Her dad died when she was a toddler and she's well aware that Guy is something of a father substitute. For years the role of mistress has suited her, but, suddenly, this style of relationship isn't enough for either of them. They've both had enough of sneaking around and avoiding people, so Guy has momentously made up his mind to leave his wife, Laura, and marry Merrion.
Marrying the Mistress dives into the shock waves that buffet the Stockdale family after Guy leaves Laura. The novel addresses the question of how his sons are going to cope, the explosive opinions of his forthright daughter-in-law Carrie and what his teenage grandchildren make of it all. Can any of them avoid taking sides? Should they? And what about the abandoned wife, Laura, a woman apparently so long-sufferingly self-sacrificing she makes Mother Teresa look selfish?
Boas leituras

domingo, 18 de outubro de 2015

Frases indiscutivelmente verdadeiras

Jack stopped walking again. He said, staring past Simon rather than at him, 'He talked to me.'
'Just that?'
'He listened,' Jack said, 'he made time for me.' He looked quickly at Simon. He said, quite slowly, 'He didn't make me feel I was just a bloody messy teenage pest.'
Simon's face twitched.
'I see.'
 'He's in this grotty flat,' Jack said. 'He 's only got his clothes and some books. but he never--'
'He never what?'
'He never asked me to be sorry for him. He was just sorry for me.'
'Yes.'
'Because he knew,' Jack said loudly. 'He knows.'
Simon said tentatively, 'And I don't?'
Jack's gaze dropped. He kicked at the uneven edge of a pavement slab.
'I don't know what you know,' he said. 'How can I? You never say.'

in Trollope, Joanna. (2000) Marrying the Mistress. Black Swan Book. London. Pág. 255

sábado, 17 de outubro de 2015

Cartões

Olá meninas
Musa inspiradora visitou-me e deu-me que fazer, sairam cartões de aniversário. Sempe necessários e muito em breve irei precisar de mais. Mostro cada um e deixo lista de material para terem uma ideia do que envolveu.
1 Primeiro.
Flores de papel em várias cores, cartolina verde escura, papel estampado com flores, papel branco, e cola.
2 Segundo.
Este foi feito com a técnica mix media, vários materiais diferentes desde selos (obrigadão Muff deram um jeitaço), gelatos, mix media medium, fitas, pendente e claro, papel.
Terceiro.
E agora um sobre chá, com chávenas. Utilizando papel estampado desenhado com as riscas, carimbos, aplique madeira "chá" e chatons em tons castanhos e prateado/brilho.

Adorei.
Que acharam?

quarta-feira, 7 de outubro de 2015

Loja Casa II

Hoje fui a uma loja Casa diferente, para ver se encontrava os blocos com dizeres, sem sorte mas tinha outras coisas...

Mostro fotos do que gostei e comprei. As etiquetas pretas, não fazem parte deste lote de coisas para artes mas era algo que precisava para identificar frascos.

domingo, 4 de outubro de 2015

"Whatever", de Lizzie kate - update

Olá
Este fim-de-semana peguei um pouco no ponto cruz, dias a encolher, tempo mais frio já puxa para ter algo nas mãos que não seja crochet. Fui buscar ao báu dos UFOS, coisa grande e pavorosa (no meu caso), e apanhei este. 

A última vez que mostrei foi aqui, Whatever - update, lá para meados de 2013 (chii, faz tempo que não pego). Faltava pouca coisa para terminar, terminar o quadrado em azul e escolher o botão. 
Vamos ver se é desta que o acabo.