domingo, 30 de março de 2014

The King's Mistress, de Terri Brisbin

História de rápida leitura este romance histórico mas não é nada simples o seu enredo. Inicia o seu relato com o rei Henrique falando com a sua amante e dispensando-a. Feito de um forma caricata, casando-a com outro nobre para a parte mais afastada do seu reino. Não diria que o seu inicio coloca-se o livro  no topo dos finais felizes mas fui um pouco surpreendida.
Casos e acasos transformam-no numa leitura interessante.
Sinopse:
There were worse things than to be shackled in marriage to a handsome, powerful lord who desired her -- but Marguerite of Alencon was bred to be consort to a king and could not abide her fate. She had great power as Henry Plantagenet's mistress, and to be set aside and promised as a bride to noble Orrick of Silloth was an insult she could not bear...!
Orrick knew his reluctant bride was a creature of the court with many secrets. And yet, Marguerite of Alencon would make him a perfect partner -- accomplished and gracious, a true Lady of the Keep -- if only she could release her turbulent past and embrace a passionate future...in his arms!
Boas leituras

sábado, 29 de março de 2014

Milhões de mulheres à espera de um encontro

Nunca pensei que iria gostar tanto deste livro, desta reflexão do ponto de vista masculino. Diga-se de passagem encontro similares pensamentos no feminino.
Recomendo
Sinopse:
Saiba o que os homens pensam sobre compromissos on-line. Sean Thomas despiu-se de preconceitos e a pedido do chefe, que dirigia uma revista para o público masculino embarcou na aventura dos encontros online. Já com trinta e sete anos e "ainda" solteiro, levemente desesperado, eis chegada a altura ideal de encontrar a mulher dos seus sonhos. Com uma forte dose de motivação, entusiasmo e a acreditar no destino, aventura-se no universo dos encontros cibernáuticos. Porém o capítulo dos finais felizes parece longe de se concretizar e Sean encontra um conjunto de mulheres que apenas têm em mente o prazer sexual e são bastante explícitas nas suas convicções. Mas com o tempo e depois de diversas aventuras mal sucedidas, o protagonista começa a compreender o mecanismo destes encontros, a decifrar as pistas e os sinais das mulheres verdadeiramente interessadas em encontrar um companheiro. Para isso, Sean tenta conhecer melhor o perfil de cada uma das candidatas, o que mesmo assim não o protege de situações inusitadas como o caso da chinesa que o perseguia, a galesa que o deixou por ele não gostar de sopa ou a jovem espirituosa que se revelou demasiado profissional. Um livro repleto de humor, com momentos hilariantes que nos revela, sem rodeios, o que os homens pensam sobre compromissos na Internet.
Boas leituras

Frases indiscutivelmente verdadeiras

"Qual é a forma normal...de conhecer mulheres? Isso existe? Não tenho a certeza. Tudo o que sei é que há tanto tempo que ando nisto dos encontros, que esqueci as subtilezas e as conversas de circunstância usadas nos encontros normais.
A sério. O que fazem? Como é que encontram mulheres casualmente, sem ser, por exemplo pela Internet? Começam simplesmente a conversar com elas nas paragens dos autocarros? Como eu com esta miúda aqui? E se elas vos viram as costas, como esta acaba de fazer?"
in Thomas, Sean. (2008) Milhões de Mulheres à espera de um encontro. Editorial Presença. Lisboa. Pág. 188

terça-feira, 25 de março de 2014

O que plantei - como está

 A suculenta então está muito bonita, mas era só para mostrar fotos, visto que não foi plantada em dezembro do ano passado. Gosto adoro amo  como ela está   ♥(◕‿◕✿) 

E aqui estão elas. Acho que os alhos e cebolas estão prontos para a transplantação, eu é que não estou. Para breve. As outras consegue-se ver que o allium sphaerocephalon está bom e recomenda-se. Tenho também um rebento não sei se será tamara ou lychias, esperar para ver.

 Infelizmente a serissa já viu melhores dias. Com a chegada da primavera não rebentou ainda, estive a ver os ramos maiores mas estão secos nem o cogumelo se manteve durante o inverno apesar do frio. Pode ser que ainda tenha mais pequenos no musgo a brotar.

segunda-feira, 24 de março de 2014

Frases indiscutivelmente verdadeiras

"Alguns dos monges do bar agiam como mulheres (eu sei que isto não é difícil quando se está a usar um vestido preto até aos pés, mas mesmo assim!): estavam a agir de modo coquete, fazendo-se submissos ou provocadores. Outros adoptavam um papel masculino, agitando os braços no ar, ostentando as suas grandes barbas negras, arrotando à medida que ingeriam o seu retsina. E isto ensinou-me que, apesar de todas as diferenças entre os homens e as mulheres, os homens necessitam desesperadamente delas; porque um mundo sem mulheres é um mundo sem cor e sem finalidade. Inconcebivelmente monótono. E nós sabemos isto porque quando não há mulheres, os homens tentam desesperadamente inventá-las. E falham."
in Thomas, Sean. (2008) Milhões de Mulheres à espera de um encontro. Editorial Presença. Lisboa. Pág. 127

domingo, 23 de março de 2014

Museu do Oriente: Workshop Farmácia de Especiarias

Hoje fui a um workshop diferente, de uma arte talvez esquecida mas igualmente importante. Iniciou-se com o teste de reconhcer 41 destas espécies seja na forma de planta, grão ou moido. Foi giro mas admito que algumas não conhecia na sua forma de planta, a mostarda supreendeu-me. As especiarias e as ervas aromáticas estão connosco faz bastante tempo mas a maioria não as conhece.

Fotos do lado prático do workshop:
- xarope de especiarias

- sal esfoliante de cravinho
Gostaria da possibilidade de mais receitas mas o tempo era limitado a 4 horas, enfim... mais virão.

domingo, 16 de março de 2014

Mil Ideias

Para quem não sabia o jornal Correio da Manhã trás aos domingos uma coleção, Tricô Mil ideias.

não perca ao domingo a partir do dia 16 de março.
na compra desta coleção oferta do fascículo nº 30.
Na 1ª entrega
Fascículo com oferta de agulhas Pony e novelo por apenas + 2,95€
Na 2ª entrega
Fascículo com oferta de novelo e capa arquivadora por apenas + 5,95€
Na 3ª entrega
Fascículo com oferta de novelo e um conjunto de separadores para organizar a sua coleção por apenas + 5,95€
Inspirem-se. Hoje saiu o primeiro

sábado, 15 de março de 2014

Bolsa porta-talheres: continuação


Ainda não tinha mostrado aqui como está a bolsa. Tinha a ideia de acrescentar este pequeno bordado, feito em ponto cruz faz algum tempo, à bolsa dos talheres mas desfiei demasiado e acho que vou ficar sem espaço para o ligar, vou ver. Mental note to self: comprar fecho para a bolsa, +- 25 cm, nenhum dos que tenho é grande o suficiente.

sábado, 8 de março de 2014

quinta-feira, 6 de março de 2014

Cinto


Até podia ter escolhido algo deste género para fazer mas o cinto iniciou-se de forma mais simples, com ponto baixo. Após limpar uma fivela metalica, que estava nas coisas da minha mãe, ficou assim.

quarta-feira, 5 de março de 2014

Jingles - update

Finally, I started organizing the SAL Jingles, from Lizzie Kate. It took a while for the first charts to arrive but no more delays. And since two months have already gone by since my enrollment in this SAL, and I'm late, as usual, I will leave Deck the Hall and HoHoHo Holiday for later. These are the first two designs in the group and will start right away with the third jingle, Noel, picture below.


segunda-feira, 3 de março de 2014

Janta: Fiambre com cravinho acompanhado com legumes salteados

Não tem muita ciência a sua confecção somente colocar na frigideira azeite, cravinho a gosto e uma colher de sopa de acuçar amarelo ou mascavado. Deixar fritar.

Bolsa porta-talheres

 Iniciada no domingo, mesmo ao final do dia, para fazer uma bolsa onde levar os meus talheres. Somente metade ainda feito, após mais outra, ligar.