terça-feira, 29 de setembro de 2015

Loja Tiger

E subindo um pouco mais temos outra loja, que de vez em quando também se consegue encontrar algumas destas coisas, a Tiger.
Nesta encontrei um cortador, em forma de flores e em formato de barra, que achei interessante, e um carimbo com várias possibilidades tanto nos formatos diferentes como nas próprias cores no carimbo. As molas são sempre necessárias,  para prender os trabalhos enquanto estão em fase de preparação.
Bons trabalhos

Loja Casa I

Olá meninas
Recebi a newsletter e decidi investigar. Não é que é verdade, eles têm agora algum material que podemos utilizar em cartões, scrapbooking ou até mesmo costura, do tipo de blocos de folhas coloridas, com um lado somente, bloco de apontamentos coloridos, fitas, renda, stickers, etiquetas kraft ... Um sem número de coisas boas.
Mostro o que comprei.

Admito que ia com a ideia de comprar uma outra coisa mas esta loja na altura não tinha. Mas valeu a pena. E...

terça-feira, 22 de setembro de 2015

Taken by Moonlight, de Violette Dubrinsky

Livro com uma heroina de diferente atitude "eu sou assim lidem com isso", refrescante pois torna-se pouco usual, enfrenta a situação logo de inicio, sem ser um estereotipo de presunções, que todos sabem mas ninguém encarna, e tenta ser razoável nas suas decisões principalmente quando afectam outros. 
Enredo substancial com mistério, drama e imensas voltas e reviravoltas, nunca conseguimos apontar um possivel fim. Tem personagens variadas e multiplas, uma mistura de lobisomens, vampiros, bruxos e druidas, este último não aparece tanto, pelos menos nas minhas leituras.
Sinopse:
When she agreed to go camping with her twin to honor a birthday milestone, Vivienne Bordeaux imagined itchy mosquito bites, the possibility of West Nile, and perhaps foot-fungus, but she never anticipated just how much her life would change. After almost dying under the snapping jaws of a rabid wolf—go figure—Vivienne is saved by a gorgeous, dark-haired man, who may just belong to a cult. Her attraction to Conall is strong, and she’s unable to control it, especially when he’s touching her….Conall Athelwulf is no man. He’s a werewolf, the leader of the largest pack in New York, and he knows better than anyone that relationships between weres and humans are strictly forbidden. So why is he unable to get beautiful, but very human, Vivienne Bordeaux out of his system? Amidst fears he’ll hurt her, Conall soon realizes that laws be damned, he’s unwilling to let her go. Instinct tells him Vivienne is his in every sense of the word, and a smart wolf heeds his instincts. When others threaten his claim, Conall is determined to teach them the hard way: fists or claws. But Vivienne isn’t as she seems, and both parties soon find themselves at the center of an epic war, where Vivienne may be key to the salvation of an entire race.
Boas leituras

domingo, 20 de setembro de 2015

Muita parra pouca uva

... literalmente nas minhas uvas.
Após andar de volta das duas videiras aqui existentes o descanso do guerreiro com o produto do seu trabalho. 
Mesmo poucas mas deliciosas, mas de facto muita parra devia haver mais uvas, este ano não tenho das brancas.


terça-feira, 15 de setembro de 2015

Granny Square Bottom Bag

Olá meninas
Esta senhora, bobwilson123, tem variados passo-a-passo, peças lindas e de vários itens diferentes, que são tão práticos como agradáveis a vista. Dá vontade de agarrar nas agulhas e simplesmente fazer. Vou tentar fazer um saco em crochet, chama-se granny square bottom bag, pois o seu inicio é um daqueles quadradinhos da vóvó. Foto abaixo do que ja tenho feito.
 Está a ser construído com fio de 100% algodão mercerizado, linha n.º 8, de um novelo com mais ou menos 80 grs, e com agulha n.º 1,40, nesta bonita cor amarelo vivo, na foto não mostra lá muito bem, na próxima quando tirar vai ser ao sol pode ser que melhore a visibilidade. Recomendo cuscar o canal youtube dela, de certeza que vão adorar várias coisas de lá. Mãos a obra.

terça-feira, 8 de setembro de 2015

Troca de Aniversário (Recebida)

 Olá pessoal,
Chegou a minha troca de aniversário com montes de itens bem giros. Mostro todos os pormenores com fotos mais a abaixo:
- Capa para livro: com cabeça de cavalo bordada, tecido de ganga e quadrilé azul, fita em tons de azuis, medalha Hand Made e com botões. Acho o fecho, com botões e os elásticos, muito original e linda. 

- Babete em branco
- Pano de cozinha, em branco mas com um friso em vermelho
- Tesoura menina: não é linda? Por acaso andei a procura delas mas só recentemente as descobri numa loja de cosmética.
- Guardanapos variados, duas embalagens uma de corações de cor prateada e outra de estrelas em dourado
- Rebuçados, e por último o postalinho.
Que acham? Eu adorei a minha troca.

Troca de Aniversário

MENINAS,
já fui buscar a minha troca de aniversário, não é linda :)

sexta-feira, 4 de setembro de 2015

Entrega Total, de Cheryl Holt

Este livro é um fartote de rir em certas partes, não sei se é derivado da tradução, o mais provável, ou se o original tem termos parecidos, mas algumas descrições, que deveriam ser sensuais, transformam-se em cómicas ("gruta secreta entre as pernas"; "tapete de pelos no tronco")
Personagem feminina, Sarah, mostra mente aberta e quando se depara com o mundo da devassidão à sua volta, na casa chique de Lady Carrington, decide aproveitar as suas curtas férias, longe do irmão e das suas maquinações e isolando-se no seu quarto. Constraste entre inocência, ingenuidade de Sarah e a bruteza de Michael, por quem se apaixona, tem os seus devaneios, e é apanhada pelo irmão/meia irmã para estes se apoderarem do dinheiro dele. Micheal é bruto, de caracter forte, possui um clube para homens, que lhe dá uma vida estável financeiramente falando. Complementam-se.
No departamento dos maus (que fariamos nós leitores sem eles): Rebecca, personagem destestável e sem moral, muito desmiolada, que tenta atingir os seus desejos sem pensar no que está a sua volta. É ela que arma a confusão para a meia irmã, a pedido do irmão, Hugh. Fulano este que também deixa algo a desejar, obcecado com os seus vicios e depois toxicodependente por ópio, e na falência.
Sinopse:
Com os últimos bens perdidos ao jogo pelo seu dissoluto irmão, Lady Sarah Compton viajou até uma festa numa casa de campo para desfrutar de um derradeiro momento de graciosidade e de beleza. Contudo, ignora que a ocasião é igualmente um famoso evento, em que membros da aristocracia podem realizar todas as suas fantasias sensuais e caprichos eróticos. Tão-pouco se apercebe de que o homem maravilhoso que entrou furtivamente no seu quarto é nem mais nem menos do que Michael Stevens, um libertino que dá e recebe ousadamente prazer…Filho bastardo de um conde, Michael Stevens usufrui da sua reputação como o mais famoso sedutor de Londres. Contudo, não faz ideia de como atuar perante a beleza ruiva que quase confundira com uma nova conquista, nem de como uma ingénua poderia ter sido convidada para uma reunião onde a entediada elite de Londres satisfaz os seus desejos carnais. Quando Lady Sarah Compton recusa seguir o aviso de Michael – o de abandonar a casa para seu bem – nasce uma forte atração e ele anseia por ser o seu tutor na arte da paixão…Era um jogo com apenas uma regra: o prazer final 
Boas leituras

terça-feira, 1 de setembro de 2015

Más Maneiras de Sermos Bons Pais, de Eduardo Sá

Leitura leve e generalizada sobre pais e crianças com algumas das suas facetas. Algumas verdades que a vida moderna vai esquecendo. Apesar de tudo agradável de ler e para recordar, mesmo que o assunto seja ao de leve abordado.

Sinopse:
Moram, em cada criança, inúmeras histórias verdadeiras, sonhos e ideias. Moram vilões e magos. Moram personagens carinhosas e velhacas. E um ou outro viajante acidental que, de surpresa, lhes deu luz, ou alma ou vida. E episódios. Muitos que magoam. E alguns mágicos. É assim o mundo das crianças. Não é nem cor-de-rosa nem áspero. Não é bucólico nem apressado. É igual ao nosso.Não é verdade que a infância seja o melhor dos mundos. Se a infância de todos os pais tivesse sido feliz talvez eles não precisassem de a idealizar. Simplesmente, porque sempre que somos felizes o melhor do mundo é o futuro.
É bom que as crianças mintam.É bom que resistam à sopa e que resmunguem de manhã.É bom que as crianças brinquem mais do que estudam.É bom que as crianças desmanchem as coisas para as arrumarem, de seguida. E que sonhem acordadas.E que tenham más maneiras para os pais.Afinal, bons pais são aqueles que crescem com a ajuda das más maneiras dos filhos. 
Boas leituras