terça-feira, 24 de abril de 2018

The girl who circumnavigated Fairyland in a ship of her own making

Leitura curta, livro de pequena dimensão mas com muita fantasia de grande dimensão.
September não é uma menina como as outras, o pai foi para a guerra e a mãe, devido ao pai ter ido para a guerra, teve de ir trabalhar numa fábrica. Além de ter o nome de Setembro, inicio do outono, e de ter nascido em Maio. September fica sozinha em casa, no Nebraska, quando lhe aparece pela janela o vento Green montado num leopardo voador, e parte com eles sem saber ao que vai.
Pelo caminho encontra-se com bruxas sem caldeirões, dragão literário com asas mas que não voa (acorrentado e sem licença de voo atribuída), meninos do mar aprisionados pela rainha, bicicletas corredoras em manadas, gnomos soporiferos estudantes de engenharia, a terra de Fairyland e a Marquesa, que faz com que todos lhe façam as vontades.
Adorei e recomendo a todos a leitura.
Sinopse:
Twelve-year-old September lives in Omaha, and used to have an ordinary life, until her father went to war and her mother went to work. One day, September is met at her kitchen window by a Green Wind (taking the form of a gentleman in a green jacket), who invites her on an adventure, implying that her help is needed in Fairyland. The new Marquess is unpredictable and fickle, and also not much older than September. Only September can retrieve a talisman the Marquess wants from the enchanted woods, and if she doesn’t . . . then the Marquess will make life impossible for the inhabitants of Fairyland. September is already making new friends, including a book-loving Wyvern and a mysterious boy named Saturday. With exquisite illustrations by acclaimed artist Ana Juan, Fairyland lives up to the sensation it created when the author first posted it online. For readers of all ages who love the charm of Alice in Wonderland and the soul of The Golden Compass, here is a reading experience unto itself: unforgettable, and so very beautiful.
Boas leituras

segunda-feira, 23 de abril de 2018

#4 Baktus linho

Olá, 
Mostro fotos do cachecol finalizado, utilizei no total os 3 novelos que tinha desta cor azul exceto aquele restinho que se vê na foto.
  

As fotos não mostram o peso do dito cujo mas deste tipo de cachecol já fiz alguns, cada um em seu tipo de fibra, algodão e lã, e este é de longe o mais pesado e sente-se quando o colocamos ao pescoço.
Admito alguma negatividade em relação ao fio que utilizei, e não por ser fio de linho, mas por ser constituído por outros tantos fios e quando trabalhava o cachecol tinha sempre tendência para repuxar um ou outro, parar e tentar colocar como estava, o facto de ter que desmanchar e depois refazer é uma chatice para mim, impede que trabalhe depressa e no fim alguns desses repuxões no fio não se conseguem endireitar. Nas fotos consegue-se ver igualmente que o fio não tem todo o mesmo tipo de grossura, alguns pedacinhos são mais grossos e como este cachecol é feito todo com o mesmo tipo de ponto pensei que dissimulasse.
 
 
Até breve

quarta-feira, 18 de abril de 2018

Frases indiscutivelmente verdadeiras

"Calpurnia Farthing glimpsed the rushing Key on her return from the borders of Autumn and thought it curious. Penny squealed and begged to catch and keep it, but Calpurnia would not allow it, pets being a nuissance to traveling folk. Calpurnia squinted through her googles and thought to herself, That is a Key. Where there is a Key, there is hope."

in Valente, Catherynne M. (2012).  The girl who circumnavigated Fairyland in a ship of her own making. Macmillan, Harrisonburg, Virginia.  Pág. 178

domingo, 15 de abril de 2018

Vitral #D150418


Feijoada de tamboril

Receita feita tomando como exemplo uma outra receita de pota, do blog Receitas de dieta, mas como tinha tamboril fiz com este peixe.
Eis os ingredientes utilizados, algumas alterações entre os meus e os originais, e respetiva preparação.

Ingredientes:
500g de tamboril aos pedaços
1 cebola picada
2 tomate cortado em cubos
1 cenoura pequena cortada em cubos
1/2 pimento cortado em cubos
1/3 courgete cortada em cubos
2 dente de alho picado
1/2 copo de vinho branco
feijão branco da horta do pai :)
azeite, salsa e sal q.b.

Preparação:
Fazer o refogado, após alourar a cebola, com o alho e a salsa acresentar os vegetais e o tamboril aos pedaços. Deixar refogar e após algum tempo, cozer, juntar ofeijão, que foi previamente demolhado e cozido.
Bom apetite.

terça-feira, 10 de abril de 2018

Frases indiscutivelmente verdadeiras

"- I didn't know one's courage needed washing!" - gasped September as Lye poured a pittcher of water over her head. Or that one needs to be naked for that sort of washing, she thought to herself.

Lye poured a bucketful of golden water over September's head. "When you are born", the golem said softly, "your courage is new and clean. You are brave enough for anything: crawling off of staircases, saying your first words without fearing that someone will think you are foolish, putting strange things in your mouth. But as you get older, your courage attracts gunk and crusty things and dirt and fear and knowing how bad things can get and what pain feels like. By the time you're half-grown, your courage barely moves at all, it's so grunged up with living. So every once in a while, you have to scrub it up and get the works going or else you'll never be brave again. Unfortunately, there are not so many facilities in your world that provide the kind of services we do. So most people go around with grimy machinery, when all it would take is a bit of spit and polish to make them paladins once more, bold knights and true."

in Valente, Catherynne M. (2012).  The girl who circumnavigated Fairyland in a ship of her own making. Macmillan, Harrisonburg, Virginia.  Pág. 60

sexta-feira, 6 de abril de 2018

#4 Baktus linho: Novo projeto

Olá
Após terminar o cachecol em triângulo, recordando outra conversa que tive com o meu pai sobre linho e a forma de fazer o fio antigamente (cozendo o linho que demorava horas ao lume até ficar maleável), tinha pensado fazer um trabalho com este tipo de fio. Procurei pela retrosarias o que havia hoje em dia e escolhi um fio da Rosários 4, Alfama, constituído por 100% de linho sem misturas de outras fibras.

Apresentação: novelo de 50g (125m)
Composição: 100% linho
Agulhas: 3.5 - 4mm
Espessura: 3 Light / Double Knitting
Torcida: 7 fios
Amostra: 24 malhas x 29 carreiras para um quadrado de 10cm
Lavável à máquina a 30ºC

Estava na altura de iniciar este trabalho e retirá-lo da lista dos A fazer visto que já tinha meadas guardadas em quantidade suficiente para fazer um cachecol.  
Voltei a um esquema do baktus e iniciei no dia 4 de abril com a agulha n.º 2 e com a cor azul médio (33) da Alfama.
Até breve

quinta-feira, 5 de abril de 2018

As comprinhas de hoje

Não parece muito mas são itens úteis para as artes, de forma a diferenciar, diversificar as colagens e as cores das letras. O bloco é de tamanho A5, de folhas em papel kraft, mais conhecido por cá como papel pardo ou de embrulho, existia igualmente noutros tamanhos. As canetas, uma de ponta muito fina, 005, na cor preto, e a outra, ponta brush (tal como umas que comprei no Lidl faz pouco tempo) na cor cinza médio. A experimentar.

terça-feira, 3 de abril de 2018

Crochet Scarf Tutorial Easy #4 - update

Olá
Espero que tenham tido uma boa Páscoa, ou umas boas férias, após  desmanchar e refazer acabei o meu cachecol em triângulo. Já ia a meio quando dei pelo engano, custou-me um bocado até reiniciar outra vez, detesto repetir algo, e depois refazer o que já tinha feito mas faz parte da vida e dos trabalhos manuais ƪ(ˆ◡ˆ)ʃ . Acabei por estes dias após curar uma constipação.
Vamos a fotos...
 

Até breve