segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Beringela Recheada

Boas
Mais um dia de chuva e como trancada em casa fico (sem vontade nenhuma de apanhar uma molha, outra alternativa...), toca de me entreter por aqui

Como? Pensam vocês :) lol, eu preciso de comer, bora fazer algo mais demorado
Mais uma receita retirada do Petit Chef, aqui encontro coisas saborosas e não muito difíceis de fazer, apesar dos meus dotes culinários não serem muitos.

Algumas alterações foram feitas de maneira a utilizar os ingredientes que tinha por casa. Sendo assim o que está a itálico é meu :)

Tempo de Preparação: 40 min.
Quantidade: 2 porções.
Ingredientes

1 Beringela
1 Cebola pequena
2 dente de Alho
1 colher de sopa de azeite
1 lata de cogumelos laminados
1 lata de milho doce
100g de carne de vaca moída
3 tomates pelados, de lata
Sumo de limão concentrado, uns guichos
1 raminho de salsa (não colocado, juntei sim manjerição e oregãos em folhinha, seco)
Sal e pimenta q.b.
Queijo light ralado q.b. (Utilizei queijo mozzarella marca branca)
Orégãos q.b.



Preparação
1. Lave a beringela e corte-a ao meio no sentido do comprimento.
2. Retire o miolo com cuidado (com a ajuda da colher de gelado, sai facilmente) e reserve ambas as partes.
3. Regue o interior e o miolo da beringela com sumo de limão para que não oxide.
4. Corte o miolo da beringela em quadrados pequenos. Reserve.
5. Pique a cebola e o alho e refogue-o por 1 minuto no azeite.
6. Junte os cogumelos e o miolo da beringela ao refogado, bem como os restantes vegetais. Deixe apurar um pouco.
7. Junte os tomate e a carne. Tempere com sal e pimenta.
8. Deixe cozer, mexendo de vez em quando com uma colher de pau. O refogado não necessita de água, pois a beringela e a carne libertam a água necessária.
9. Quando estiver pronto, pique um raminho de salsa e junte ao recheio.
10. Recheie as metades da beringela e polvilhe-as com queijo e orégãos.
11. Leve ao forno para gratinar num tabuleiro untado.(Adaptando para microondas, na potência P8 durante 3 minutos e repetir outra vez 3 minutos.)

E assim foi o meu jantar
Até amanhã
Frei João

domingo, 28 de novembro de 2010

E por último uma curiosidade

video

Verifiquem bem como está torto o primeiro torreão no Terreiro do Paço. E os edifícios por trás?
Resto de uma boa tarde
Frei João

Ao longo do rio Tejo

Acho a ponte por baixo extremamente engraçada, conseguirmos ver os carros a passar por cima.
video

Aviso para fazer a viagem sigam a risca as recomendações dadas pela brochura ou voucher, neste tempo invernoso são fundamentais para protecção. Traduzindo, faz frio como o caneco brrrr
jocas
Frei João

sábado, 27 de novembro de 2010

Rota dos Monumentos, Rio Tejo

Bom dia
Para hoje, após o almoço, marquei uma nova experiência :)
A Doca de Santo Amaro, Alcântara, aparentemente deserta não me conseguiu demover de procurar pelo barco que iria fazer o meu percurso.
Deixo alguns videos mostrando o que se pode ver ao fazer esta rota de descobrimentos :)
video

domingo, 21 de novembro de 2010

Leituras, Livros e Afins - História de O

Este mês, a revista Cosmopolitan (Dezembro 2010) trás consigo algo inovador principalmente pelo preço que a mesma custa (2,90€) e igualmente pelo facto de não ter encontrado algo assim até hoje. Além de um desconto para experiências (spas, massagens, alojamento, turismo rural, cursos, estética que eu como boa mulher que sou tenho a impermutável prioridade de utilizar) tem a possibilidade de adquirir uma obra da literatura erótica. Sim, isso mesmo. Homens, isto é mais vocacionado para mulheres, não tem fotos. Nenhum componente pejorativo neste texto meramente um facto ok

Calhou-me História de O, do qual já li um capítulo.
Reage, P. (2009). História de O. Sant Vicenç dels Hors: Idea y creación editorial, s.l.

Na contra-capa diz:
Clássico do género erótico e uma das obras de referência para um certo imaginário do sadomasoquismo moderno. Publicado em França em 1954, História de O centra-se na personagem de uma fotógrafa de moda parisiense e do seu quotidiano como escrava sexual, por opção. Além de provocar um grande escândalo na época, este livro - que seria um grande sucesso de vendas - marca uma nova abordagem sobre a sexualidade feminina, abrindo caminho aos movimentos feministas de libertação dos anos 60

Na altura, e hoje em dia igualmente, algumas pessoas teriam de certeza algo a apontar a quem lê ou possui este género de livros. Só para saberem comprei duas revistas e sim tenho dois livros. Qual será o outro? ;)

Troca do Postal de Natal



Este é o estado campal da minha mesa da cozinha que se mantém assim faz algum tempo. Diverso material espalhado (fitas, papeis coloridos, etiquetas, lápis e régua), esboços de ideias, carimbos prontos a utilizar, mas onde anda a inspiração
Musa escassa para um mísero postalinho de Natal, que nem aparece nem dá sinal de existência.
Pessoal, ideias aceitam-se
urgentemente :)

Frases indiscutivelmente verdadeiras

A Terra é pequena e a gente que nela vive também não é grande.
Almeida Garrett

Clafoutis de Frutos Silvestres

Bom dia
As minhas aventuras culinárias davam um livro ... bem curtinho por sinal. Hoje decide fazer qualquer coisa com o queijo mascarpone que tinha por ali no frigorífico, devido ao facto do mesmo aproximar-se, cavalgando apressadamente para, o fim da data de validade.

Foi no site Ptit Chef que retirei a receita mas adaptei aos ingredientes que tinha em casa, nomeadamente substitui as cerejas por uma embalagem de frutos silvestres congelados.
Ingredientes: 50g de mascarpone
100ml de leite
60g de farinha
70g de açúcar (usei amarelo)
2 ovo
500g de cerejas (c/ caroço) substituído por 1 emb. de frutos silvestres

Preparação:
Num recipiente, bater o ovo com o açúcar. Adicionar a farinha, depois o mascarpone e o leite. Mexer bem até obter uma mistura homogénea. Untar um pirex com manteiga e polvilhar com farinha. Distribuir os frutos silvestres semi-descongelados pelo pirex no fundo e verter o preparado por cima. Levar ao forno durante 35 a 40 minutos.

e a foto comprova o estado do pobre, meio para o escurinho mas não queimou
mas sabem, afinal até se come e é bom.
jocas
Frei João

quarta-feira, 10 de novembro de 2010

Mais um projecto iniciado


Outro projecto, também para o Natal, mas para a família. Estas serão os invólucros das minhas prendas: caixas pintadas a mão por mim e no seu interior estará a prenda. Caixas de madeira de 15cm.

Trabalho em mãos

Olá
Mostro o que estou de momento a fazer. Um projecto, em ponto cruz, para a troca de Natal do Clube PP, se conseguir terminar a tempo e horas (que sinceramente não é o meu forte). Iniciei este projecto logo no inicio de Novembro para a minha afilhada, e lentamente o trabalho vai progredindo, conseguem dizer-me o que é? Quero colocar uma ideia em pratica que tenho faz algum tempo mas somente depois de finalizada a parte do ponto cruz poderei ver se dá para a fazer ou não na loja de molduras.
Segue fotos:









Estou a utilizar 2 fios de meadas Ancora e o tecido é aida na cor blueberry, 357/60, da Permin de Copenhagen, com 32x35 cm.