sábado, 31 de janeiro de 2015

Chuvaaaaaaaaaaaa ƪ(ˆ◡ˆ)ʃ

Volta tás perdoada. Nunca mais chega a primavera. oh well
. Two night stand


. 10 Rules of sleeping around

quinta-feira, 29 de janeiro de 2015

Troca de Aniversário

Olá meninas
Inscrevi-me em mais uma troca no clube e para meu espanto tive pouco tempo para decidir o que presentear, visto que a minha aniversariante faria logo anos mais ou menos uma semana depois de receber o seu nome. O que oferecer?
Admito que a prenda somente seguiu hoje.

Catástrofe adiada 
(ˆ◡ˆ) risos mostro agora os mimos catastróficos:
. 10 bombons da Xocoa, com diferentes sabores
. tecido Belmonte azul
. tecido SAMN (nome esquisito mas adorável padrão)
. novelo, de 420 m,  de lã matizada nas cores violeta, rosa e castanho
. bolsa em crochet, cor branco, com fecho, decorada com coração castanho e botão e fita rosa
E por último, o postal e seus pormenores:
Gostaram?

sábado, 24 de janeiro de 2015

Mais chuva ƪ(ˆ◡ˆ)ʃ mais filmes

. The Librarian 2: Return to King's Solomon's Mines


 . The Librarian 3: Curse of the Judas Chalice


. Penelope


. My Fake Fiancé

segunda-feira, 19 de janeiro de 2015

Frases indiscutivelmente verdadeiras

"A árvore estremeceu e algo que apenas Tyler e Henry confundiram com um pássaro passou por cima das cabeças deles. Ouviu-se um baque ao mesmo tempo que a maçã acertou em alguém na parte da frente do jardim, perto do portão. < > disse uma voz masculina e toda a gente menos Sidney se virou.
Sentiu os ossos partirem-se. Equimoses surgiram na sua pele como uma erupção. O espaço em branco entre dois dos dentes de trás começou a latejar.
- Faz favor - chamou Claire alegremente, porque esta era a sua casa. Não achava que uma coisa assim tão má pudesse acontecer aqui. 
- Xiu! - disse Sidney de imediato. - Bay, vai para trás da árvore. Corre. Já!
Bay, bastante consciente de quem se tratava, levantou-se como se tivesse uma mola e correu."
in Allen, Sarah addison. (2014) O Jardim Encantado. Edições BIS - Leya. Alfragide. Pág. 245

O Jardim Encantado (Waverley Family #1)

 Livro curto, leve e divertido pois dou por mim a sorrir com o que leio. Adoro finais felizes.
 Gostei mais da personagem "macieira" no todo. Sim é uma personagem, o autor utiliza a personificação para dar realce a humanidade que reside em alguém que profetiza, quer gostemos ou não, que sente sentimentos, que mostra as melhoras características humanas pelas pessoas que adora e tenta de alguma forma proteger.
 Às vezes nem tanto inanimada pois agride as pessoas com maças, por um lado, e por outro, foge de certas pessoas quando tem algo que quer reter, e irá ferir alguém que gosta mas mesmo assim tem um papel relevante na vida de todos da cidade, de uma forma directa ou indirecta. Função vaticinante.
Sinopse:
Num jardim escondido por trás de uma tranquila casa na mais pequena das cidades, existe uma macieira e os rumores que circulam dão conta de que dá um tipo muito especial de fruto. Neste encantador romance, Sarah Addison Allen conta a história dessa árvore encantada e das extraordinárias pessoas que dela cuidam...
As mulheres da família Waverley são herdeiras de um legado mágico — o jardim familiar, famoso pela sua macieira, que produz frutos proféticos, e pelas suas flores comestíveis, imbuídas de poderes especiais que afectam quem quer que as coma.
Proprietária de uma empresa de catering, Claire Waverley prepara pratos com as suas plantas místicas — desde as chagas que ajudam a guardar segredos até às bocas-de-lobo destinadas a desencorajar intenções amorosas. Entretanto, a sua idosa prima Evanelle é conhecida por distribuir presentes inesperados cuja utilidade se torna mais tarde misteriosamente clara. São elas os últimos membros da família Waverley — com excepção da rebelde irmã de Claire, Sydney, que fugiu da cidade há muitos anos.
Quando Sydney regressa subitamente a Bascom com uma filha pequena, a tranquila vida de Claire sofre uma reviravolta, bem como a fronteira protectora que erigiu tão cuidadosamente em redor do seu coração. Juntas uma vez mais na casa onde cresceram, Sydney reflecte sobre tudo o que deixou para trás ao mesmo tempo que Claire se esforça por sarar as feridas do passado. E em pouco tempo as irmãs apercebem-se de que têm de lidar com o seu legado comum para viverem as alegrias do futuro que se anuncia.
Encantador e pungente, este fascinante romance irá, seguramente, enfeitiçar o leitor.
Boas leituras

domingo, 18 de janeiro de 2015

Frases indiscutivelmente verdadeiras

"- Não gostas de vacas? . perguntou Bay.
- São me indiferentes - respondeu Sidney e depois virou-se para Henry.
 - Viemos a pé. Não temos como chegar a tua casa.
- Eu posso levar-vos - ofereceu Henry. 

sábado, 17 de janeiro de 2015

quinta-feira, 8 de janeiro de 2015

Beginner’s Guide to Papercraft

 Hoje ao procurar por revistas encontrei este livro/revista por quase 15€. Como o nome indica, Beginner’s Guide to Papercrafté um mescla de várias técnicas utilizadas com papel, para o nível inicial. 
 Por incrível que pareça possui não só os rudimentos de várias técnicas bem como uma breve explicação dos instrumentos possíveis e sua utilização para este e aquele efeito. Mostra os rudimentos de técnicas como quilling, decoupage, origami, tea bagging, iris folding, polimer clay, heat embossing,  scrapbooking.
 Os rudimentos no que toca a material são papel [porque será? :)] e cola. A medida que se lê encontramos vários exercícios para cada técnica e um ou outra dica. Tem ainda num compêndio no fim com algumas folhas para se experimentar.


quarta-feira, 7 de janeiro de 2015

Um mimo a caminho

Fui feliz este ano que passou. Na troca de Natal, em Pontos & Pontinhos, tive direito a duas prendas, duas madrinhas... Mas decidi oferecer um pequeno mimo, somente algum material para costura e um mimo doce, para reconfortar e porque nesta época pouco tempo tinha disponível.  Mostro foto do que enviei.
O cartão e os pormenores.

domingo, 4 de janeiro de 2015

Mr. Impossible, de Loretta Chase (Carsington Brothers #2)

Livro que apesar de ser um romance contém aventura, acção, drama, comédia e caos por todo o lado, causado por Rupert. Livro leve, alegre e um romance histórico, em que nos apercebemos que nos fartamos de rir, doí mesmo a cara.
Como defini-lo? Apesar de bem intencionado nas suas acções o nosso protagonista, Rupert, só causa problemas e chatices ao seu redor, daí a razão do pai o despachar para o Egipto. Ele é o contrario do que diz o titulo, amoroso, inteligente, com sentido de humor, escultural, somente com um ponto de vista diferente dos demais e a ideia de dar nomes a todos os animais, e não só, que encontra pelo caminho.
A nossa heroína, Daphne, esconde quem é, primeiro do falecido marido, depois da sociedade, e no fim de si mesma. Encontrar-se a si própria desenrola-se com o procurar pelo irmão sequestrado com a ajuda do aparente palerma Rupert. Ela é inteligente, independente e um com saber livresco.
Aqui encontramos algum paralelo com os filmes de acção e a contagem de mortes, com respectivos mortos, pois existem vários. Depois temos as personagens secundárias que dão a sua graça e mais problemas temos na mistura.
Recomendo.

Sinopse:
Impossible...
Rupert Carsington, fourth son of the Earl of Hargate, is his aristocratic family's favorite disaster. He is irresistibly handsome, shockingly masculine, and irretrievably reckless, and wherever he goes, trouble follows. Still, Rupert's never met an entanglement--emotional or other--he couldn't escape. Until now.
Outrageous...
Now he's in Egypt, stranded in the depths of Cairo's most infamous prison, and his only way out is accepting a beautiful widow's dangerous proposal. Scholar Daphne Pembroke wants him to rescue her brother, who's been kidnapped by a rival seeking a fabled treasure. Their partnership is strictly business: She'll provide the brains, he, the brawn. Simple enough in theory.
Inevitable...
Blame it on the sun or the blazing desert heat, but as tensions flare and inhibitions melt, the most disciplined of women and the most reckless of men are about to clash in the most impossibly irresistible way.
Boas leituras

Cá estão elas