quinta-feira, 3 de abril de 2014

O profundo silêncio das manhãs de domingo

Não, não foi lido num domingo e é de um autor português, desconhecia. Promete...
Capitulos curtos mas que estão cheio de vida, de significado, directos e ocultos. De uma visão diferente de ver a mesma coisa, tarefas e objectos mundanos da zona do Porto, possivelmente. Visto de uma tal janela e nuns domingos que na imaginação do autor se transfomam, criam alternativas ao seu conteúdo, a aparente função ou destino que têm. Daí se tranformar de uma mulher que assa castanhas para uma que cria nuvens e nevoeiro :)
Sinopse:
Domingo é um dia silencioso, já o sabíamos. Na serenidade dessas manhãs, porém, podem escutar-se melhor as histórias que o autor conta - a vida das pessoas quase iguais a nós, personagens desses profundos Domingos.
Boas leituras

Sem comentários:

Enviar um comentário